Blog

Tenha mais frutos do que folhas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Viver uma vida somente de aparências não resultará em grandes benefícios. Nada é tão poderoso quanto viver alinhado a palavra de Deus, porque a práticareal da palavra de Deus é a grande evidência que provoca mudanças em nós, e nos faz produzir frutos que servem de sinalização para muitos.

“No dia seguinte, quando estavam saindo de Betânia, Jesus teve fome.
Vendo à distância uma figueira com folhas, foi ver se encontraria nela algum fruto. Aproximando-se dela, nada encontrou, a não ser folhas, porque não era tempo de figos. Então lhe disse: “Ninguém mais coma de seu fruto”. E os seus discípulos ouviram-no dizer isso”. 
(Marcos 11.12-14)

Essa passagem de Marcos 11 fala que aquela figueira atraiu a atenção de Jesus porque tinha folhas e uma figueira que tinha folhas,obrigatoriamente, ela deveria ter fruto, mas não foi o caso nessa situação, a mesma apresentava uma aparência,mas não evidenciava o fruto, que desencadeou uma consequência.

Isso me faz pensar sobre como algumas pessoas estão administrando suas vidas, somente em aparências,onde mostram muitas folhas, mas fruto nenhum. Alguns dizem: “já li milhares de livros”, outros: “leio e oro tantas horas por dia”,  e, as vezes, falam isso em um tom de orgulho do que  incentivo para que outros façam o mesmo. O que me chama atenção muitas vezes, é que os frutos da vida não entram em acordo com o que se diz, ou seja, muita folha e fruto nenhum, porque o importante não só é ter muita informação, mas a prática dela é que vai evidenciar mudança e o testemunho vivo diante dos outros.

O Ap. Bud Wrigth sempre nos ensinava que o fruto do espirito é mais importante que os dons espirituais, porque os dons, Deus pode usar qualquer um, como usou aquela jumenta, que freio a insensatez do profeta, mas o fruto do espirito é algo que somente o nascido de novo pode andar, refletindo o caráter de Deus.

Eu não fico impressionado se alguém canta bem, prega com muita unção ou se levanta os mortos e os dons de cura fluem, mas, o que realmente me chama atenção em alguém é quando eu o vejo andando em amor, manifestando o bom perfume de Cristo. Alguns estão tratando a igreja e a vida espiritual como algo casual, vivendo a semana com diabo e na carne e querendo consertar tudo no domingo a noite, no entanto, vivendo dessa forma nunca experimentara o fluir de Deus sobre seu destino. Alguém que vive entre a carne e o espirito sempre será como a onda do mar que vai e volta, não terá progresso e uma vida de sucesso.

Todos nós passamos por tentações, e tentação não só está ligado a algo imoral, mas, existem pessoas que sempre são tentadas a desistir, começam algo e nunca terminam, são tentadas a viver debaixo de inferioridade, enfim, tentação abrange diversas áreas, mas existe uma diferença daquele que está renovando sua mente,esmurrando o seu corpo para vencer uma tentação e outro que esta sendo um pecador secreto. Posso dar a ilustração de um porco e uma ovelha, se você colocar esses dois animais na lama, eles terão comportamentos diferentes, você perceberá que a ovelha vai tentar sair daquele ambiente, porque sua natureza não condiz com aquilo, já o porco, vai estar em festa se jogando na lama porque aquele é o seu ambiente.

O problema de algumas pessoas é que elas podem ter se acostumado com a lama e aquilo que antes reprovava e estava tentando vencer, por causa de uma mente cauterizada se acostumou a ter lama em algumas áreas mesmo que para outros sua aparência seja correta, mas Deus é aquele que conhece o nosso deitar e levantar e sabe de todos os nossos caminhos e dele nada se esconde.

É muito fácil no ambiente da igreja manter uma aparência de piedade, manter uma arvore bonita e cheia de folhas, mas a sua vida fora daquela atmosfera é o que vai determinar se realmente existe fruto por baixo daquelas folhas, e se você realmente é o que aparenta  ser. Lembro-me do exemplo de uma criança que disse pra sua mãe: “Mãe, vamos morar na igreja porque lá meu pai lá é um santo”,ou seja, essa criança estava falando de alguém que seu comportamento em casa era o oposto do sua vida na igreja, alguém que só tinha uma aparência de piedade, muita folha e fruto nenhum.

Que esse seja um tempo que possamos julgar a nós mesmos e sondar se nossas folhas estão sendo equivalentes aos nossos frutos. Por isso se renda a Deus e ande segundo sua vontade de uma forma genuína e assim Ele causará mudanças radicais, sempre para melhor. Ele muda tristeza em alegria, fraqueza em força, pobreza em abundância, medo em ousadia. O Espírito Santo pode fazer mais em cinco minutos do que nós poderíamos fazer em cinco anos. Seja abençoado!!

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VIAGEM A EUROPA

Neste ano de 2014, Deus nos deu o privilégio de fazer parte de uma onda de avivamento que tem atingido o continente europeu. Estivemos em

Ver Mais »